Categorias
Eventos pelo mundo

Confira as novidades automotivas do New York Auto Show

Depois de dois anos de cancelamento por conta da pandemia da Covid-19, o New York Auto Show reabriu suas portas ao público. Até o este domingo (24), o evento segue mostrando ao mundo o presente e o futuro próximo do setor automotivo e quem esteve presente e nos conta tudo que viu por lá foi o jornalista Jorge Moraes.

Nova York – Em um universo automotivo mais elétrico em relação a última edição, o evento aposta inclusive em uma pista de testes para carros de energia limpa e uma área de micromobilidade. Ausência marcante e registrada dos alemães (menos VW) e ingleses. BMW, Audi, Mercedes-Benz, Jaguar e Volvo nem deram bola para o evento no maior mercado de luxo dos Estados Unidos.

+ Leia Mais
Confira os supercarros do show-room da JBS Motors

Mas passear pelo Jacob Javits Center, A porta de entrada é o estande da Ford com foco direto para o bruto Bronco Raptor. A marca norte-americana leva a versão mais potente legalizada para as ruas, com um motor EcoBoost 3.0 que entrega mais de 400 cavalos. O modelo conta ainda com um novo reboque capaz de tracionar até 4,5 toneladas.

Bronco Raptor é destaque no estande da Ford em NY. Fotos: Jorge Moraes/Cedidas

Além disso, também estão expostos o GT Holman Moody Heritage, edição ultralimitada do carro que homenageia o vencedor de Le Mans em 1966, e o F-150 Lightining, versão elétrica da picape que este ano conta com duas opções de bateria e autonomia de até 482 km. Segundo a marca, o truck vai de 0 a 100 km/h entre 4 e 5 segundos.

F-150 Lightining virou febre no mercado norte-americano

A Japonesa Nissan dá destaque ao mundo eletrificado do crossover Ariya e o Leaf, que é o primeiro degrau elétrico da marca no mundo. O sedã Sentra tá pronto para ser vendido no Brasil e a picape Frontier ao lado do Pathfinder aparecem como coadjuvantes. O Sentra, já confirmado para o Brasil, será importado do México com motor 2.0 de 145 cavalos. A Honda não deu as caras e a Toyota mostra o Corolla GR com motor 1.6 de três cilindros que entrega 300 cv de potência e 37,7 kgfm de torque. Esse também comunicado pela marca para o mercado brasileiro. Estanho é ver a Lexus explorando pouco a corrente híbrida do fabricante.

Novo Sentra está confirmado para o mercado brasileiro

A General Motors faz claras apostas na Silverado elétrica com 673 cavalos de potência e 107 quilos de torque sem contar na autonomia de 643 quilômetros. O Bolt, meio apático, estava no canto do muro, sem expressão no local. O Corvette Z06 2023, sem dúvida, é o esportivo mais sedutor da mostra.

Chevrolet também lançou sua picape 100% elétrica, a Silverado EV

No peito da Stellantis, o Grand Cherokee 4xe, que será lançado no Brasil no segundo semestre, e virá como o segundo produto da Jeep na corrente híbrida no país. O SUV importado da Itália terá potência combinada de 380 cv. O motor turbo a gasolina é um 2.0. A autonomia do luxuoso 5 lugares será de até 50 Km no modo bateria.

Grand Cherokee 4xe chega ao Brasil no segundo semestre deste ano

Os salvadores
Em tempos de pouca fé e muito investimento em salões desse porte, os sul-coreanos e três japoneses (Nissan, Toyota e Subaru) salvam o lado importado do auto show. A Hyundai, com o premiado ioniq 5 e oferta de autonomia que passa dos 450 Km, expõe novamente a picape Santa Cruz (a pergunta é quem vai vender no Brasil? CAOA ou HMB?), o Palisade reestilizado e a dupla Tucson e Santa Fé.

A KIA explora o eV6, que já roda em testes pelas ruas de São Paulo e traz o conceito eV9 que parece uma atualização do Soul tamanho GG. Sportage, outro na porta de entrada do Brasil, e o Niro são atrações que valorizam o mesmo esquema mecânico do híbrido leve. Veja o que existe no Stonic e pense por aí.

E os alemães ?
A Kombi (ID. Buzz) e o Tiguan representam a pátria europeia. O SUV de sete lugares com assinatura R (SEL) não é a versão híbrida que será vendida no Brasil em 2023 e para mim reforça a ideia que os norte-americanos consomem tudo de todo jeito, 100% a combustão ou no modo eletrificado.

Kombi elétrica (ID. Buzz) é puro charme e virá para o Brasil

O ID, de 4,71 metros, que tem planos globais, foi inspirado na lendária Kombosa. O modelo tem velocidade máxima limitada a 145 Km/h e quanto a autonomia? Deverá acompanhar o que oferta o ID4 perto dos 400 Km ou um pouco mais.

Categorias
Eventos pelo mundo

Veja os carros que se destacam no Salão de Los Angeles

O Salão de Los Angeles (L.A Auto Show) foi aberto ao público nesta sexta-feira (19) e até o domingo (28) vai exibir o que é tendência no mercado automotivo mundial. O jornalista Jorge Moraes participa da cobertura do evento na Califórnia e manda de lá o que viu como destaque, como, por exemplo, modelos que em breve estarão nas ruas brasileiras. Confira a seleção de máquinas e não esqueça também de dar uma passada em nosso show-room digital.

Desfile da Porsche

A Porsche trouxe cinco belas novidades aos EUA. Com motores a propulsão, híbridos e elétricos, a marca alemã exibe o novo 718 Cayman GT4 RS – principal destaque -, além dos 718 Cayman GT4 RS Clubsport, Taycan GTS, Taycan GTS Sport Turismo e Panamera Platinum Edition. O 718 Cayman GT4 RS tem 500 cv de potência e vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos e velocidade máxima de 315 km/h.

Novas picapes da Ford

A Ford em Los Angeles aposta na sua mais nova picape, a Maverick. A novidade tem como destaque principal o seu motor 2.0 EcoBoost com tração integral AWD e transmissão automática de oito velocidades. O modelo chega no mercado brasileiro no primeiro trimestre do próximo e ano e será lançado na versão Lariat FX4, com uma pegada mais off-road e equipamentos exclusivos para os fãs de aventuras, mas que ainda assim precisam enfrentar o trânsito dos centros urbanos. A montadora também coloca em cena a F-150 100% elétrica. A picape Lightning (foto acima) acredito que seja o elétrico mais relevante da exposição.

Toyota BZ4X

A Toyota trouxe para os EUA o novo BZ4X, protótipo de seu modelo eletrificado com a tecnologia BEV que está pronto. Com uma nova pegada focada na neutralidade de carbono, a japonesa está investindo nos modelos com motorização verde. Apresentado pela primeira vez no começo de 2021 ainda como protótipo na China, o BZ4X começa a chegar nos Estados Unidos ainda este mês, na Europa em dezembro e até maio de 2022 nos demais países como Japão e China.

Nissan Ariya

Com vendas já iniciadas nos Estados Unidos e com expectativa de chegar ao mercado brasileiro, o Nissan Ariya aparece com destaque no evento da Califórnia. O SUV elétrico possui quatro versões de acabamento com um único motor localizado na dianteira. Com 217 cavalos de potência e 30,5 kgfm de torque, a bateria possui 87 kWh e todo o conjunto alcança uma autonomia de até 482 km.

Land Rover Range Rover 2023

Depois do lançamento oficial, a nova geração do Range Rover faz sua primeira aparição durante o Salão do Automóvel de Los Angeles. O SUV recebeu uma atualização em referência aos seus 50 anos e por isso a montadora não economizou nos itens luxuosos, além de modernidade e novas motorizações. A princípio, o modelo chegará na versão especial First Edition, baseada na edição Autobiography com pintura SV Bespoke e acabamento Sunset Gold Satin, e uma autonomia de 100 km sem gasolina.

Kia Sportage

Depois da versão a combustão, a Kia trouxe a L.A o novo Sportage híbrido. O modelo, com novo design, foi confirmado para o mercado nacional na metade do próximo ano e possui uma autonomia de causar inveja, na faixa dos 805 quilômetros na mistura das forças. A opção a combustão no híbrido é um 1.6 turbo de quatro cilindros, associado a um propulsor elétrico de 44 kW abastecido por um conjunto de baterias de 1.5 kWh. Juntando os dois motores, a potência sobe fica em 226 cavalos. Segundo a montadora, o consumo do veículo é de 16,5 km/litro.

Chevrolet Corvette Z06

No estande da Chevrolet, um modelo que rouba a cena é o esportivo Corvette Z06 2023. O esportivo ganhou design mais forte com um motor 5.5 V8 aspirado de 680 cv e 623 Nm de torque. Ele estará disponível no mercado norte-americano apenas no próximo ano.

Grand Cherokee 4xe

Disponível nos Estados Unidos e em breve no Brasil, o novo Grand Cherokee 4xe eletrificado é outra novidade em Los Angeles. A motorização híbrida plug-in conta com 375 cavalos de potência e 637 Nm de torque. Com uma autonomia estimada em 40 km no modo elétrico, o consumo é de até 24,2 km/l com uma autonomia combinada de 708 km.

Subaru Solterra

Primeiro SUV totalmente elétrico da Subaru, o Solterra é um dos modelos que está programado para chegar ao mercado global apenas no próximo ano, a novidade mira, principalmente, no ID.4 da Volkswagen. O projeto foi desenvolvido em conjunto com o Toyota bZ4X.

EdisonFuture EF1-T

A empresa EdisonFuture levou o futuro elétrico para Los Angeles. Um dos destaques é a picape conceito EF1-T que possui uma recarga através de painéis solares. A fabricante diz que o veículo foi pensado para trabalho, viagens, família ou uso pessoal em diversas condições de estrada e ambiente, desde o uso urbano até no off-road. Para obter mais captação solar, um painel integrado como um grande spoiler pode ser puxado por cima da caçamba.